Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \30\UTC 2007

Vaquinhas de presépio.

madcowrandomphotodefault-387x265.jpg

Engraçado como as pessoas têm a capacidade de se fazerem de coitadas. Falam, incitam a discórdia, a agressividade, ameaçam veladamente e descaradamente de boicote ao outro e depois, quando a coisa vira, diz: eu não fiz nada, eu não quero prejudicar ninguém, isso é calúnia e difamação, eu só fiz uma crítica, aliás, eu só faço críticas. Daí tentam virar o jogo e dizer: vou processar quem falou que vai me processar. E um bando de gente, que mal se viu uma ou duas vezes, diz: concordo, apoiado, é isso mesmo. Como é que pode isso? Por isso que nesse país chamado Brasil as coisas não andam. O grupo se deixa manipular por um, e de forma completamente cega! Vaquinhas de presépio.

É a insanidade coletiva? Ou seriam muitos que pensam igual. Que será de nós com uma sociedade assim, que educa seus filhos para pensarem e agirem da mesma maneira? Mentes perversas, aproveitadores ludibriando os mais desavisados.

Eu não agüento! É demais pra mim.

Read Full Post »


canibal_20pumpkin.gif

Estou impressionada com pessoas que se escondem; utilizam do sucesso dos outros para se promoverem. Vivem como comensais. Uma, que se aproxima de outra somente para obter dela uma pequena fatia do sucesso, e outra, que se faz de parceira, mas na verdade, devagarinho, devagarinho, comanda, dissimula, escolhe quem a outra deve gostar ou não, inclui e exclui de seu convívio diário, mas faz pose de quem está ali só como convidada – na verdade é anfitriã da anfitriã. Jamais profere ofensas, pelo contrário, tece somente elogios a todos; tudo beirando ao piegas, ao exagero e de forma tão sutil, que para os mais desavisados, soa como extrema gentileza. Existe alguém assim? Aos poucos ela coloca uns contra os outros e contra a própria anfitriã, e essa, por sua vez, nada percebe, aliás, julga estar sendo injustiçada; pode não ser consciente, mas é com sua permissão. Na verdade a segunda aguarda o momento certo para aplicar o Golpe de Misericórdia na anfitriã! E este momento está próximo. Só a anfitriã é quem não vê.

Read Full Post »