Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Jesus acende a luz’ Category

Abro o portal UAI e vejo:

“A proporção de registros de nascimentos em mães adolescentes (menores de 20 anos) permaneceu praticamente estável em 2006 (quando 20,5% dos nascimentos eram de filhos de mães dessa faixa etária) em relação a 2005 (20,7%), o que significa que, de cada cinco mulheres grávidas no país, uma ainda está na adolescência.

Segundo observam os técnicos do IBGE , a maternidade de jovens menores de 20 anos cria “um agravamento da vulnerabilidade social” das crianças e das famílias.”

“A taxa de mortalidade de jovens do sexo masculino na faixa etária de 15 a 24 anos,foi de 124,4 por 100 mil habitantes no Brasil em 2006, segundo mostra pesquisa divulgada hoje pelo IBGE. “

Sr. Presidente!!!!! Isso é saúde pública! Se quer a CPMF, como o senhor explica o porquê de dados como esses crescerem ano após ano, na mesma proporção em que crescem os descontos da CPMF dos contribuintes? Só nos resta saber uma coisa: CPMF é recurso para a saúde de quem? Desses jovens que morrem todos os dias? Das adolescentes grávidas da região norte do país?

Aff!

Anúncios

Read Full Post »

Agora virou moda as meninas e moças dizerem: “Eu não sabia que estava grávida!”. Quantos casos já ouvimos noticiados pela imprensa que uma mulher de X anos deu a luz, não sei aonde, e disse não saber que estava grávida.

É impossível uma mulher só saber que estava grávida no momento do parto! Fico pensando o que se passa pela cabeça de um pai e/ou de uma mãe ao ver que a barriga de sua filha está crescendo – eles devem pensar: está comendo muito; está engordando. Gravidez dá sono, então eles pensam: tadinha, tá estudando (ou trabalhando) demais, por isso que está dormindo tanto! E os enjôos no início da gestação que algumas têm? Tadinha, fica comendo porcaria na rua e acaba com problema de estômago, ou então, está tão estressada, que acabou com uma gastrite! Gravidez? Não! Nem pensar! Minha filha não faz sexo! Minha filha é precavida! Ela usa camisinha e ainda toma pílula! Então tá, então!

  • Vc, pai/mãe, por acaso já viu sua filha usando camisinha?
  • Já viu ela tomando a pílula?
  • Já comprou camisinha e deu a ela?
  • Já falou sobre sexo e gravidez com ela?

Não? Então sua filha está mesmo com problema de estômago e estressada! Mas não se preocupe! Após 9 meses o problema some, ou melhor, ele nasce!

E na cabeça da criatura que tem a coragem de dizer em público que não sabia que estava grávida? ( me refiro aqui àquelas que enganam os pais durante 9 meses).

  • Como é que ela não percebe a barriga crescendo, crescendo, crescendo? É barriga d’água, só pode!
  • E os movimentos do feto? O que será que ela pensa que é? Gases! Só pode ser peido entalado movimentando na barriga!
  • E a linha nigra, que aparece abaixo do umbigo, nos meses mais avançados? Cascão, falta de bucha!
  • E as mamas que crescem, pesam, ficam com as aréolas um pouco mais escuras e com as veias mais salientes? Como meus seios estão bonitos!
  • E a ausência da menstruação por 9 meses? Menopausa precoce – coisa boa!
  • E a dor na região inguinal, devido ao peso? É cãibra.
  • E a ruptura da bolsa? Bexiga solta!
  • E as contrações? Ahhh! Isso é um piriri daqueles – comi uma azeitona daquelas!
  • E quando o bebê nasce…: como é que isso foi parar aí dentro? Eu não sabia que estava grávida! O nenê nem mexia! rsrsrsrs

Estou com uma leve impressão que alguns clones do Espírito Santo andam soltos por aí, pois as meninas não sabiam que estavam grávidas! E detalhe, esses clones são do Paraguai, pois nenhuma das meninas foi avisada pelos respectivos Espíritos Santos! Ao que me consta, só Maria, mãe de Jesus, tinha sido a escolhida e ela foi avisada previamente, mas diante de tantos novos casos nesse país, posso dizer que: ou Deus é mesmo brasileiro e como gosta daqui, já que mandou uma safra novinha de Espíritos Santos – ou então ele nos detesta, já que mandou todos os Espíritos Santos com problema de comunicação e clonados!

Para não cometer injustiças, conversei com um colega psiquiatra, que também fez residência em ginecologia e obstetrícia antes de optar pela psiquiatria. Segundo ele, há casos em que algumas mulheres rejeitam tanto o fato de estarem grávidas, sentem tanto pavor da gestação, que realmente se convencem que não estão, e assim levam a gravidez adiante sem qualquer cuidado de pré-natal; e para cada mudança no corpo dão uma desculpa diferente.

Read Full Post »

Eu jurei pra mim mesma que eu iria escrever um post hoje sobre meus pacientes, mas quando ouvi e li sobre o Lula no Encontro Nacional do PT… não consegui. Deu coceira nos dedos.

  • “Eu queria que os petistas tivessem em mente que, até agora, nenhum deles foi inocentado, mas também nenhum deles foi culpado“;
  • Não sabemos o que aconteceu, mas esses companheiros, certamente, terão tempo para se defender”;
  • “Ninguém neste País tem mais autoridade moral e ética do que o nosso partido”.

Segundo José Roberto Goldim:

A moral estabelece regras que são assumidas pela pessoa, como uma forma de garantir o seu bem-viver. A moral independe das fronteiras geográficas e garante uma identidade entre pessoas que sequer se conhecem, mas utilizam este mesmo referencial moral comum.

A Ética pode ser um conjunto de regras, princípios ou maneiras de pensar que guiam, ou chamam a si a autoridade de guiar, as ações de um grupo em particular (moralidade), ou é o estudo sistemático da argumentação sobre como nós devemos agir (filosofia moral). Singer P. Ethics. Oxford: OUP, 1994:4-6.

Depois da fala dele, de rever os conceitos sobre moral e ética, e de associar a isso os escândalos envolvendo os “cumpanheiros”, só posso concluir que eles realmente têm ética e moral, da qual aliás, faço questão não compartilhar, GRAÇAS A DEUS!

Read Full Post »

Na farmácia do Centro de Saúde mais próximo à sua residência…

_ Vou precisar de Captopril, Clorana e Lasix (chegando com a receita levantada).

_ Ó, só vou poder fornecer pro Sr. pra 15 dias, porque o remédio tá acabando e só vai chegar no final do mês que vem aqui no posto, então a gente tem que regrar a distribuição da medicação por paciente, tá?

_ Mas moça, eu tenho que tomá os remédio todo dia! Eu num posso tomá só por 15 dia; eu tô cum pressão alta, o dotô falô, e eu já tive um princípio de derrami, viu?! E os outro 15 dia, cumé que fica?

_ Não sei não, meu Sr. , o Sr. vai ter que comprar, ou dar outro jeito, porque a previsão de chegar aqui no posto é só no final do mês que vem, tá bom? O próximo, por favor.

_ Tem pílula anticoncepcional? (já passando a receita pelo vidro do guichê)

_ Acabou.

_ E como é que eu faço?

_ Ou não faz, ou usa camisinha, ué!

_ E tem camisinha aí?

_ Tem, tá aqui, mas nem precisa pedir mais, pois cada pessoa só pode pegar 3 pro mês inteiro. Próximo!

_ Preciso agora é de Crozapina (Clozapina – mostrando a receita fresquinha feita pelo psiquiatra); meu fio não pode mais tomá o Haldol dicanoalto (Haldol Decanoato); ele não se adaptou-se com o haldol.

_ Clozapina não é padronizado.

_ Como assim, num é pradonizado?

_ O governo não fornece esse tipo de remédio para os postos de saúde.

_ E cumé que eu faço, então?

_ A Sra. vai ter que pedir ao psiquiatra pra fazer um laudo justificando o uso dessa medicação – aproveita que ele ainda tá aqui e pede de uma vez. Depois, a Sra.vai levar na Secretaria Estadual de Saúde e vai preencher a ficha de cadastro do paciente. Lá eles vão dar pra Sra. uma papelada pro psiquiatra preencher. Daí a Sra. pega a papelada e volta no psiquiatra pra ele preencher a solicitação da medicação e carimbar, mas antes dele fazer isso, ele ainda vai ter que pedir um exame de sangue do paciente. Daí a Sra. leva o paciente pra fazer o exame, mas se for fazer aqui no posto, leva quase um mês pra sair o resultado, já vou avisando pra não brigar depois.

Quando o exame ficar pronto, se ele não for perdido, porque se ele for perdido, a Sra. vai ter que voltar com o paciente lá no laboratório de novo pra fazer outro, mas como eu ía dizendo, quando o exame ficar pronto, a Sra. volta ao psiquiatra pra mostrar pra ele; daí ele vai fazer uma nova receita, porque essa receita, com a data desse mês, até tudo ficar pronto, não vai ter mais validade. Se tiver tudo ok com o exame, aí a Sra. leva a papelada toda lá na Secretaria Estadual de Saúde; confere antes direitinho se o médico preencheu tudo e carimbou, junta com a receita nova e o exame de sangue também. Lá na Secretaria, eles vão agendar a data pra Sra. voltar lá e pegar o remédio. E, ó, já vou avisando que vaga pra consulta com psiquiatra é só pro final de Outubro ou início de Novembro, viu? É melhor a Sra. já deixar marcado de uma vez, porque se não, vai ficar pro ano que vem.

_ Mas moça, que trabaiêra toda é essa? E nós ainda tamu em Agosto!!! Até lá meu fio já ficô muito ruim dos nervo da cabeça sem os remédio, moça! Num tem ôtro jeito não?

_ Eu sei, mas as normas pra pegar essa medicação são do Ministério da Saúde, e a agenda do psiquiatra já está lotada até outubro; só tem um psiquiatra no posto – e tem que dar graças a Deus, porque o governo é quem vai dar essa medicação pra ele, e de graça! E pro seu filho não ficar sem o remédio esse mês, a Sra. pede o médico pra receitar outro que dá comprar na farmácia ou mandar manipular (valor: R$170,00 ou mais, dependendo da dose, e pra 30 dias) .

Enquanto isso, no país próximo ao seu…

Neste sábado chegaram 46 toneladas de alimentos e outros donativos ao Peru, enviados pelo Brasil. Segundo o Itamaraty, essa foi a maior doação feita pelo governo brasileiro. Os mantimentos são suficientes para alimentar 10.000 pessoas por um período de 15 dias. E na próxima terça-feira, chega a Pisco mais um avião com 14 toneladas de medicamentos e frascos potabilizadores de água, além de um clínico geral.

É mole, ou quer mais?

Read Full Post »

Ontem aqui em BH aconteceu um fato que julgo polêmico. Um senhor de 51 anos, cansado de ter a sua casa assaltada (4 vezes contando com essa), resolveu agir por conta própria ao deparar-se com um assaltante na garagem de sua casa. Ele e o filho entraram em luta corporal com o assaltante; imobilizaram-no e acionaram a polícia.

Claro que houve um “excesso” na “imobilização” por parte do dono da casa e de seu filho – agrediram o marginal a socos e pontapés, provocando uma fratura no braço e escoriações na face e na orelha. Segundo alguns moradores do bairro, o assaltante em questão era responsável por vários furtos em diversas residências, inclusive na residência desse senhor em outras ocasiões, e ainda intimidava e agredia fisicamente suas vítimas, caso chamassem a polícia ou o denunciassem; ninguém na região conseguia ficar tranqüilo dentro de casa. Sua ficha na polícia é extensa e ele estava em condicional desde o dia 13 de julho desse ano.

Por realizarem a “justiça com as próprias mãos”, leia-se agressões que cometeram contra o marginal, pai e filho vão responder processo por lesão corporal, e poderão ser condenados a, no mínimo, 2 anos de reclusão. Papéis invertidos? De vítima a algoz?

Por impulso, acho que eu faria o mesmo, pois não confio muito no sistema judiciário desse país. Fora a raiva de ver aquilo que conquistei ser usurpado de mim por alguém que pouco se importa se irá preso ou não, já que depois de um certo tempo estará solto novamente para voltar ao “trabalho”, e que ainda se vê na condição de me intimidar com possíveis e futuras agressões. Isso é debochar do sistema judiciário; é debochar de todos nós, da nossa impotência.

Nossas leis são muito antigas, não há punição de fato, nosso sistema carcerário é digno de … (melhor não falar), os presídios estão super-lotados, ultrapassados, os policiais civis ganham mal, e a corrupção existe em todos os segmentos. A sensação de impunidade, descaso e abandono é enorme; aliás, não é sensação, é constatação.

Mas por outro lado, estando na condição de raciocinar e analisar, e não estando movida pela raiva e medo da situação ocorrida com esse senhor e seu filho, acho que se todos fizerem justiça pelas próprias mãos, o que será de todos nós? Se qualquer um que sentir-se injustiçado, lesado ou prejudicado resolver tomar suas próprias providências, isso aqui vai virar terra de ninguém; terra sem lei. Se bem que os marginais já fazem isso quando se sentem lesados, pois caso a vítima não tenha dinheiro o bastante para lhe entregar no assalto, ou eles agridem, ou matam – simples assim.

Agora quero ler vocês: o que você faria ao se ver na mesma situação daquele senhor? Reagiria da mesma maneira ou deixaria a cargo da polícia e justiça?

Read Full Post »

Eu li no UOL: o brigadeiro José Carlos Pereira afirmou, de modo irritado, ao ser indagado sobre uma eventual intervenção internacional no caso do acidente do vôo da TAM: “O acidente ocorreu no Brasil, a crise é nossa e os mortos são nossos. Não precisamos de ajuda nenhuma”.

– Tricot da dona deste blog: ele só esqueceu de dizer que a dor é única e exclusivamente dos familiares e amigos das vítimas. E ajuda pra que, né? Ajuda nessa hora pode, inclusive, atrapalhar na distribuição das responsabilidades, que é claro, nada têm a ver com uma pista mal acabada, aliás, elas têm que se restringir ao reversor com defeito, a alta velocidade da aeronave, freios que não freiam e piloto, ou seja, tudo ligado ao avião (as culpas são tantas relacionadas à aeronave, que não sei como ela não explodiu em pleno vôo! humpf!).

Obs.: não trabalho para a TAM, nem tão pouco conheci alguém que ali estava, mas é óbvio que não existe um só responsável pelo acidente. O que sei é que existem quase 200 vítimas, e muitas, mas muitas pessoas que choram por eles, e um governo que levou três dias para falar um blá blá blá desnecessário, já que bem antes dele anunciar que falaria, os assessores já tinham deixado o recado na TV para o mundo inteiro ver o quão realmente estavam preocupados com o acidente e na apuração das causas.

Continuei a ler: Pereira afirmou ter pousado e decolado “centenas de vezes” da pista auxiliar de Congonhas quando atuava como piloto. “E voava com máquinas muito inferiores a essas de hoje”, ele disse.

– Tricot da dona deste blog: Agora ele foi no ponto: ele voou com máquinas muito inferiores em tudo: em tecnologia, em potência, em capacidade e necessidade!

E ainda li mais: Ele também considerou “jogada de marketing” a decisão da TAM em transferir pousos de Congonhas para Guarulhos .

– Tricot da dona deste blog: jogada de marketing? Pode até ser, mas sem dúvida isso me dá segurança, mesmo que ela seja psicológica, já que teremos certeza que, por problemas de pista mal acabada, não morreremos caso ocorra um acidente. Em compensação se pensarmos em apagão de CINDACTAS…, não adianta transferir pousos e decolagens pra qualquer aeroporto. E por falar em CINDACTA, qual será a “jogada de marketing” do governo dessa vez?

Lendo e engolindo a seco: o Financial Times disse: “A extrema necessidade de um governo mais eficiente no Brasil nunca esteve tão clara.”

– Tricot da dona deste blog: eles não mentiram ao afirmar isso, infelizmente.

Read Full Post »

 

imagem1.png

Estou me sentindo quase uma profetisa! Na verdade estou me sentindo uma pateta! No post Foram as Ondas Sonoras eu disse assim: “E não me venham falar em caixa preta, pois não estranharei caso eu ouça que somente parte da gravação foi recuperada, já que a caixa preta estará danificada com o acidente e com o incêndio, aliás, ela estará danificada justamente na parte onde encontrariam registros importantíssimos sobre o vôo, e que fariam a “pequena grande diferença” em ter o piloto como herói, vítima ou como único culpado.”

Eis que entro no portal UAI e me deparo com isso aqui:

Peça de Airbus enviada aos EUA não era caixa-preta

Agência Estado

A Aeronáutica informou neste sábado que um dos equipamentos do Airbus da TAM enviados aos Estados Unidos para ser avaliado pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), responsável pela investigação do acidente com o vôo 3054, não se tratava da caixa-preta.

Por meio de nota divulgada hoje, a Aeronáutica informa que as buscas ao gravador de voz da cabine continuam e o outro equipamento enviado, o gravador de dados de vôo, já começou a ser analisado nos laboratórios do NTSB (National Transportation Safety Bureau).

Veja a íntegra da nota:

“O Comando da Aeronáutica informa que a equipe de técnicos do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) responsável pela investigação do acidente com o vôo 3054 já iniciou o exame dos equipamentos levados aos laboratórios do NTSB (National Transportation Safety Bureau) nos EUA.

O resultado mostrou que um deles não se tratava do CVR (Gravador de Voz da Cabine). Tal fato se configurou por conta das deformações significativas sofridas pelos materiais em função do impacto e das altas temperaturas atingidas.

Por outro lado, a análise do segundo equipamento recuperado indicou que verdadeiramente se tratava do FDR (Gravador de Dados de Vôo), primordial para a avaliação de fatores contribuintes para o acidente, e que seu estado poderá permitir a recuperação de todos os dados necessários.

As buscas entre os destroços prosseguem de modo que as informações complementares do gravador de voz da Cabine possam ser recuperadas o mais rápido possível.”

Brigadeiro-do-ar Antonio Carlos Moretti Bermúdez
Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica.

Três opções: ou estou mesmo profetisando os acontecimentos, ou tem “gente demais” lendo meus posts, ou isso já era de se esperar! Fico com a última opção. Mas… uma pergunta que não quer calar: se uma das peças enviadas não era a caixa preta, que peça era aquela então? Estou com uma leve impressão que as Ondas Sonoras foram mesmo as responsáveis. Acho que eu deveria colocar uma categoria nova pra esse post: Me engana que eu gosto! Humpf!

Read Full Post »

Older Posts »